Redes Sociais para crianças, faz mal?

Há alguns meses, o Facebook anunciou que criaria um Instagram para crianças e causou muita polêmica. Eles acreditam que recursos específicos, serão capazes de ajudar os pais no monitoramento dos filhos com uma rede voltada para os mais jovens.

As redes sociais influenciam o mundo, isto é um fato, mas a pergunta que surge é: como as redes sociais afetam as crianças e adolescentes?

As redes sociais possibilitam um ambiente muito intenso quanto à críticas e elogios.

As pessoas são mais corajosas nas redes sociais e opinam mais e por diversas vezes, fazem isso de forma dura e cruel, sem pensar nas consequências.  

As redes sociais também permite contato com estranhos, bullying, pode gerar aumento de ansiedade, mas também permite socialização e desenvolvimento de habilidades digitais e troca de informações úteis.

Se você decidiu permitir que seus filhos façam parte das redes sociais, lembre-se de que precisam ser constantemente monitorados e precisam de limites.

Alguns pais tomaram a decisão de proibir redes sociais a seus filhos, por medo de exposição ou de como serão influenciados hoje e no futuro.

Recentemente no Brasil, uma mãe ficou conhecida por decidir apagar as contas do Instagram e do TikTok de sua filha de 14 anos, ambas as contas com milhares de seguidores.

Esta decisão divide opiniões. A mãe não se arrepende e explica que seu desejo é que a fama de sua filha esteja relacionada a talentos desenvolvidos por ela, e isto significa ir além das dancinhas na internet.

Ela também tem trabalhado para que a filha entenda seus reais valores os quais não estão relacionados a qualquer comentário feito na rede.

Se está decidido a permitir que seus filhos façam parte das redes sociais lembre-se, eles precisam de monitoramento constante e ter limites é fundamental.

Fique Atento

Redes sociais afetam o processo de amadurecimento da inteligência emocional de seus filhos negativamente ou positivamente.

É muito fácil se comparar a personalidades da rede social, desejar produtos e serviços dos quais não precisam e isto aumenta a ansiedade da criança.

Avalie como as redes sociais tem afetado o comportamento de seus filhos, assim estará protegendo a seus filhos de danos emocionais futuros. E se observar algum comportamento negativo, busque ajuda profissional o mais rápido possível.

Redes sociais possibilitam socialização e isto pode ser benéfico ou não, atente-se!

Nós da Suzanclin Baby, oferecemos ajuda para um desenvolvimento saudável de seus filhos. Sempre conte com nossa ajuda!

☎️(11) 4745-3600  (11) 4748-8412

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Bem Estar

O que são Hepatites Virais?

É uma doença muito comum e um problema grave de saúde pública. As hepatites virais é a segunda maior causa de morte entre as doenças

VER MAIS »
Alergias respiratórias
Alergia

Alergias respiratórias

A alergia é uma reação exagerada produzida pelo sistema imunológico do corpo, quando entra em contato com uma substância normalmente inofensiva. As alergias respiratórias desencadeiam

VER MAIS »
Bem Estar

Ansiedade Infantil e Acupuntura

Ansiedade Infantil se tornou um problema comum e muita ansiedade foi agravada por causa de todos os problemas que a pandemia gerou.Em muitas famílias, tantos

VER MAIS »