Sopro no Coração

O sopro no coração é um ruído que ocorre devido a aceleração do fluxo de sangue no órgão. Não caracteriza uma doença, pode ser inocente ou patológico e identificado em cerca de 30% a 40% das crianças, com idade entre dois e oito anos. Não representa, sozinho, um problema cardíaco. 

Em alguns casos ocorrem diagnósticos de sopro patológico, quando há uma doença estrutural do coração como causador do sopro. Para identificar qual dos casos é o da criança é necessário a realização de um ecocardiograma. 

Nas crianças os problemas cardíacos mais comuns são as doenças congênitas. Alguns sinais de alerta são lábios e dedos das mãos e pés roxos (cianose), cansaço ao chorar o fazer esforços físicos, infecções respiratórias repetitivas e peso e crescimento insuficientes para a idade. 

O tratamento é feito com acompanhamento do cardiologista pediátrico e os medicamentos e terapias indicadas são feitas de forma particular e individual, levando em consideração o quadro da criança.